Notícias

03/12/2013 - Comissão “OAB JOVEM” da 18ª Subseção da OAB/MG - Pará de Minas participa do XII Encontro Nacional dos Jovens Advogados

Aconteceu na última quarta-feira (20/11) e quinta-feira (21/11), no Hotel Mercure, em Belo Horizonte, o XII Encontro Nacional dos Jovens Advogados – Os Desafios da Advocacia Contemporânea.

A pauta contou com temas importantes como “Honorários Advocatícios na Justiça Trabalhista”; “Prisão Provisória e Medidas Cautelares”; “Democracia Direta e Reforma Política”; “Advocacia Criminal, Passado e Presente. Evolução ou Retrocesso?”; “O Crime de Lavagem de Dinheiro”; “Indignação Massiva, Estado de Direito e Democracia Digital”; dentre outros.

A Conferência Magna de abertura foi proferida pelo Presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coelho, que afirmou que um evento dessa natureza, voltado para jovens advogados, é de suma importância. “Sem dúvida a Ordem tem de ter um olhar para os advogados em início de carreira, pois eles serão o futuro da advocacia e do país. É preciso a mobilização deles para que causas sejam conquistadas e priorizadas. Não se faz política sem jovens advogados”. Ele ainda enfatizou que há muito que aprender com eles, principalmente sobre as novas tecnologias, já que o Processo Judicial Eletrônico está batendo a porta.

Marcus Vinícius Coelho acrescentou que a OAB tem um só partido político que é a Constituição da República. “Temos só um partido político e só uma ideologia que é o Estado Democrático de Direito, a entidade jamais pode ser tida como partidária ou tendenciosa, pois pensa na república, no país”.

O presidente da OAB/MG, Luís Cláudio Chaves em sua fala inicialmente relatou dois casos vivenciados por ele como advogado e enfatizou que as causas defendidas por ele o tornou melhor advogado e ser humano. “Nós advogados não podemos ter preconceitos e sim conceitos, pois quem for preconceituoso nessa área não pode ser advogado”.

Também foi mencionado por Luís Cláudio sobre o que a Ordem faz pelo advogado e o que os advogados fazem também pela Ordem. “É impressionante o que a força da advocacia nos faz realizar. Sei que cada um dos presentes hoje traz no seu DNA esse amor pela advocacia e pela Ordem. Todos vieram aqui em busca de aprender um pouco mais sobre a entidade e sei que o sentimento contrário também é recíproco. A Ordem se desdobra para corresponder aos anseios da classe e busca sempre assegurar seus interesses, especialmente às prerrogativas dos advogados que é o maior desafio da OAB”.

O presidente da Comissão OAB Jovem, Fabrício Souza Cruz Almeida, agradeceu a presença de todos e mais uma vez defendeu, em seu discurso, o piso salarial para o advogado, questão esta acolhida pelos presidentes do Conselho Federal e da OAB/MG. Ele disse que tal proposta vem de encontro com os anseios, principalmente dos jovens advogados. “O advogado, na condição de empregado da iniciativa privada é um dos profissionais com pior remuneração no mercado de trabalho”.

A jovem advocacia paraminense, representada pela Comissão OAB JOVEM da 18ª Subseção da OAB/MG – Pará de Minas, que atualmente é formada pelos jovens advogados Vitor Magno de Almeida Oliveira (Presidente), Gilson Silva (Vice-Presidente) e Cleuza Ferreira (Secretária), também marcou presença no Encontro.

O Presidente da Comissão OAB JOVEM de Pará de Minas, Dr. Vitor Oliveira, afirmou que é de suma importância a participação efetiva do jovem advogado em eventos como este. “É importante que o jovem advogado marque presença em Encontros como este. É inspirador para o jovem advogado ouvir advogados experientes e que hoje são referências nacionais da advocacia, como é o caso dos palestrantes que engrandeceram o Encontro. Isso nos da uma injeção de ânimo para continuar na luta diária que é a advocacia, na luta diária pelo direito e pela justiça.”

Dr. Gilson Silva, vice presidente da Comissão OAB JOVEM de Pará de Minas, ressaltou que “o Encontro esclareceu importantes questões sobre a advocacia contemporânea e que a riqueza de conhecimento jurídicos de palestrantes como, Márcio Tomaz Bastos (advogado e ex-ministro da justiça), engrandece e inspira o jovem advogado.”

A secretária da Comissão, Dra. Cleuza Ferreira, disse que o Encontro é importante, também, para que o jovem advogado se faça ouvir. “Discutir o piso salarial para o advogado, relatar as dificuldades do início da carreira e os novos mercados de trabalho, é importante e imprescindível à jovem advocacia.”

O ex-ministro da justiça, Marcio Tomaz Bastos, proferiu a palestra de encerramento do XII Encontro Nacional dos Jovens Advogados – Os Desafios da Advocacia Contemporânea. Ele tratou sobre o tema “Advocacia Criminal, Passado e Presente. Evolução ou Retrocesso?”.

Durante seu discurso, ele disse que acha importante a classe discutir a respeito do direito de defesa e das garantias da Constituição Brasileira. “O direito de defesa atualmente está sobre ataque no Brasil. Os advogados são responsabilizados por culpas que eles não têm”.

Comissão OAB JOVEM com Marcelo Leoanardo.
Comissão OAB JOVEM com Marcelo Leoanardo.
Dr. Fabrício (presidente Comissão OAB JOVEM MG)
Dr. Fabrício (presidente Comissão OAB JOVEM MG)
Dr. Renato Saraiva e Dra. Cleuza
Dr. Renato Saraiva e Dra. Cleuza
Dr. Vítor com Dr. Nelson Rosenvald
Dr. Vítor com Dr. Nelson Rosenvald
Dr. Vítor, Dr. Renato Saraiva, Dr. Gilson
Dr. Vítor, Dr. Renato Saraiva, Dr. Gilson

Últimas Notícias

Rua Manoel Batista, 175 - Sala 101 - (37) 3231-3220 - Pará de Minas - MG - CEP 35660-049 - oabparademinas@hotmail.com

© Copyright - 2010 - OAB Pará de Minas - Todos os direitos reservados